terça-feira, 5 de junho de 2018

Vitamina Protéica de chocolate com café granulado


Ingredientes

300 ml de água e gelo
20 g de Whey Protein Isolado
1 colher (café) de café solúvel granulado
1 banana (75g)
1 Colher (chá) de semente de linhaça
20 g de castanha do Pará sem sal

Modo de preparo

Bata tudo no liquidificador ou então, moa as castanhas num processador e, em seguida, misture com os demais ingredientes utilizando um mixer.

Na primeira vez que fiz fiquei decepcionada com o gosto, ficou aguada... :-(  E olhe que escolhi o suplemento com sabor de chocolate pois acreditava que ficaria com gostinho daquelas vitaminas de banana com chocolate que minha mãe fazia quando éramos crianças. Ah, como eu adorava!! Não queria incluir o leite, já que o Nutricionista (Tiago Carvalho) não havia colocado no meu plano alimentar, aí experimentei colocar mais uma banana e dar preferência às mais maduras pois são mais doces. Deu certo, ficou mais encorpada e mais doce. Era o que faltava para termos uma relação mais prazerosa!! :-)
Como já confessei na postagem anterior (Crepioca), estou "in love" com meu mixer 3 em 1. Moer as castanhas (na verdade, hoje substituí por nozes) no processador é fantástico!! Você põe tudo no copo e com o mixer, em segundos, sua vitamina está pronta, cremosa, deliciosa e sem pedaços, como ficava quando fazia no liquidificador!


Crepioca recheda com queijo e tomate (Sem lactose)



 Ingredientes

2 ovos
1 colher (sopa) de queijo tipo parmesão ralado fino
2 colheres (sopa) de tapioca de goma
2 rodelas de tomate
1 fatia de queijo Minas sem lactose
1 colher (sopa) de requeijão cremoso sem lactose
50g de filé de frango desfiado cozido
Manjericão a gosto (fresco ou seco)
Orégano a gosto

Modo de preparo

Em um recipiente, bata bem os ovos, depois misture o queijo parmesão, o requeijão cremoso, a tapioca, o sal e o orégano). Pode bater com um garfo mesmo, até obter uma mistura homogênea. Unte uma frigideira antiaderente com azeite ou manteiga ghee (pouca quantidade), leve ao fogo baixo e quando estiver quente, coloque todo o conteúdo. Deixe por alguns segundos e vire para dourar do outro lado com o auxílio de uma escumadeira plástica. Coloque o recheio de queijo, frango, tomate sem a semente e manjericão e dobre a crepioca ao meio e vire o lado novamente. Retire do fogo assim que derreter o queijo.

Foi amor à primeira dentada! Conheci a crepioca há cerca de um mês, quando recebi do nutricionista (Tiago Carvalho) o meu plano alimentar. Confesso que estou adorando e já pesquiso novas formas de prepará-la para variar meu cardápio, inclusive tenho vontade de tentar uma doce com Whey Protein.
Até semana passada, misturava os ingredientes com garfo mesmo, porém resolvi comprar um mixer, desses que vêm com miniprocessador e batedor de claras, que tem facilitado muito na preparação das minhas receitas. Não sei como vivia até hoje sem ele!! Minha enteada já havia me falado da eficiência do mixer, porém ainda não havia comprado pois achava que a batedeira me bastava. Após essa mudança na minha alimentação por conta da intolerância a lactose e da minha necessidade de ganho de massa muscular (tenho perdido muita!!), percebi que chegava a hora de incluí-lo na minha cozinha. Preferi esse conjunto, pois queria um processador para picar as castanhas para fazer a vitamina pré-treino. Pois é, além da mudança na alimentação, troquei o pilates pela musculação. Tudo por uma melhor qualidade de vida!

domingo, 27 de maio de 2018

Granola caseira



Ingredientes

3 xícaras de flocos integrais de aveia
1 xícara de castanhas do Pará, de caju e nozes em pedaços
1 xícara de tapioca
1 xícara de gergelim preto e branco
1 xícara de coco ralado fresco
1 xícara de uva passa
1 xícara de damasco picado
1 xícara de pera picada
½ xícara de amêndoas laminadas
½ xícara de amendoim natural sem casca
½ xícara de amaranto em flocos
2 colheres (sopa) chia
2 colheres (sopa) semente de linhaça dourada
3 colheres (sopa) açúcar mascavo
3 colheres (sopa) mel
3 colheres (sopa) óleo de coco
Canela em pó e sal a gosto


Modo de preparo

Inicialmente, em uma assadeira grande, espalhe os flocos de aveia e leve ao forno por aproximadamente 10 minutos a 180°, apenas para dourar um pouco (essa parte é opcional, mas deixa com um sabor mais gostoso). Misture numa vasilha grande todos os ingredientes secos, com exceção do sal, açúcar, passas, coco e frutas secas. À parte, junte os ingredientes líquidos com o sal e misture aos ingredientes secos, mexendo muito bem, para umedecer. Se a mistura estiver um pouco seca pode-se acrescentar um pouco mais de óleo de coco.

Espalhe a mistura numa assadeira grande e leve ao forno pré-aquecido, durante 15 a 20 minutos, mexendo cada 5 minutos. Se achar que tem muita aveia seca nos cantos, pode colocar um pouco mais de óleo e misturar bem. As uvas passas e o coco ralado devem ser misturados à granola nos últimos 5 minutos antes de tirá-la do forno.

Retire a assadeira do forno assim que perceber que a granola já está crocante e dourada por igual. Somente agora, coloque as demais frutas secas picadas. Misture bem e deixe esfriar. A granola sai do forno ainda amolecida e, quando esfria, se torna bem crocante. Após esfriar totalmente, armazene-a em frascos de vidro bem fechados.

Dicas:
  •     Não coloque as frutas secas ao forno pois elas ficam duras.
  • Se preferir pedaços maiores de granola, acrescente mais mel, pois o açúcar faz com que os ingredientes grudem mais uns nos outros. Outra dica para pedaços maiores, é não mexer a granola assim que ela sai do forno.
  • Quando for fazer substituições não esqueça de manter a proporção seco para líquido. Também não se esqueça de considerar que alguns ingredientes são mais doces que outros.
  • Caso, com o tempo, sua granola fique amolecida, coloque-a de novo numa assadeira e leve ao forno quente por cerca de 5 minutos. Ao esfriar, ela estará crocante novamente!



Antes de preparar minha granola, pesquisei em alguns sites e isso foi muito útil para que eu criasse a minha própria receita. E o mais interessante, é que a cada vez que preparo ela nunca sai igual à anterior, creio que sempre melhor! Quando algum ingrediente está em falta, substituo ou então incluo algo novo. Enfim, a granola vai ficando cada vez mais ao meu gosto. Adoro colocar no iogurte ou no açaí! Experimente fazer a sua!!
                Alguns dos blogs estão listados abaixo:

                1) Blog da Mimis -  http://blogdamimis.com.br/2017/02/14/como-fazer-granola-caseira/

                2) Herbivoraz - http://www.herbi-voraz.com/como-fazer-granola-caseira-receita/

                3) Dicas de Mulher - https://www.dicasdemulher.com.br/granola/

domingo, 20 de maio de 2018

Manteiga Ghee (Teor de lactose quase nulo)



Ingredientes

Manteiga sem sal em temperatura ambiente

Modo de preparo

Ponha a manteiga em uma panela de inox para derreter em banho-maria, no fogo baixo. Com o tempo, vai se formando uma espuma branca por cima, a qual deve ser retirada com auxílio de uma colher ou escumadeira. Retire com cuidado e paciência, caso contrário, o que ficou no fundo, que é a lactose, irá subir. O objetivo é deixar somente esse líquido amarelo transparente que é a manteiga clarificada ou simplesmente, a Ghee. Quando estiver totalmente derretida, desligue o fogo. Observe que a manteiga não chega a ferver. Após esfriar, e ter retirado toda a espuma, com auxílio de uma concha, retire aos poucos a manteiga com uma concha, e ponha em potes de vidro esterilizados ou em recipientes plásticos limpos. Deve-se ter bastante cuidado nesta fase a fim de que o líquido esbranquiçado que está no fundo da panela não venha para a superfície. Vai chegar o momento em que não conseguimos retirar mais somente a manteiga clarificada, nem mesmo com uma colher pois ela se mistura com a parte que contém a lactose. Neste caso, a fim de ter um maior aproveitamento da sua manteiga, simplesmente transfira todo o líquido para um outro pote. Em seguida, ponha todos os potes na geladeira para endurecer. Fique tranquilo(a), a gente vai se livrar da lactose neste último pote! Ao retirar da geladeira, sua manteiga está pronta para o uso. Porém, no último pote, você observará duas camadas formadas, a da manteiga (a de cima) e a do soro com a lactose (de baixo), que não se solidifica (Imagem 2). Com o auxílio de uma faca, faça um pequeno corte e retire o tampo. Incline o pote em um recipiente e deixe todo o líquido sair, o qual será desprezado (Vídeo). Desta forma, obtemos um maior rendimento da manteiga. Sobre a sua coloração final, vai variar de acordo com a manteiga que você utilizar, o que pode ser visualizado na Imagem 3.

                                                                               Imagem 2


                                                                                                   Imagem 3
No ano passado, descobri que estava com intolerância a lactose após investigação por parte de uma neurologista das possíveis causas da enxaqueca que me persegue desde que me entendo por gente! Pois é, ela pode desencadear a enxaqueca!! Após a descoberta, me adaptei à nova realidade, porém senti muito a falta da manteiga. Inicialmente, comprei um pote de manteiga Ghee e amei, mas o preço era muito salgado para continuar comprando com frequência. Tinha que encontrar outra alternativa!!
Minha irmã já havia me enviado uma receita da manteiga Ghee há um tempo e então resolvi pesquisar e fazer eu própria. Algumas fontes foram importantes: o blog Lactose Não, e o truque de Rodrigo Cirne, que ajuda a ter um menor desperdício da manteiga (a que fica no finalzinho da panela). Há várias formas de se preparar, porém decidi pela técnica de banho-maria, pois tinha receio de queimar a manteiga diretamente no fogo. É importante lembrar que todo o processo é artesanal, portanto penso que não devemos afirmar que é zero lactose. Mas, seguramente, ela é quase nula pois o próprio processo de fabricação da manteiga já reduz o seu teor. Faço com manteiga com sal, embora o seu preparo original seja sem. Ah, com a retirada da água, lactose, caseína, tive uma perda de cerca de 25% da manteiga para fazer o Ghee, o que é normalmente encontrado nos sites em que pesquisei. Vale a pena o preparo em casa, boa sorte!


domingo, 6 de setembro de 2015

Iogurte caseiro





Ingredientes

1 litro de leite integral UHT Longa Vida (o da caixinha)
1 copinho de iogurte integral de 170g
4 colheres de sopa de leite em pó integral

Modo de preparo

Dissolva o leite em pó no leite líquido e leve ao fogo numa panela para aquecer bem, sem deixar ferver. A temperatura ideal é quando você coloca o dedo e ele está bem quente, mas não queima sua pele. (Como não tenho termômetro, fiz essa prova e deu certo. Para tal, retirei um pouco com uma colher e fiz o teste fora da panela). Em seguida, coloque o leite em um frasco já limpo e seco e adicione o iogurte. Misture bem, até o iogurte se dissolver completamente no leite. Tampe o frasco e deixe descansar por cerca de 8 horas. Cubra o frasco com toalhas de prato limpas e secas, a fim de manter a temperatura por mais tempo e deixe repousar em local fechado. Durante este período, o frasco não deverá ser tocado, pois isso pode prejudicar a formação do iogurte. Após este tempo, o iogurte está pronto para ser colocado na geladeira e, depois, consumido. 


Há umas semanas, minha enteada, Flora, fez uma receita de iogurte aqui em casa e eu gostei muito! Só preferia que fosse um pouco mais denso do que o dela. Então, pedi a receita da minha irmã, Sara, que cozinha muito bem e tem costume de fazer iogurte! Por sinal, ela e o esposo dela têm um blog bem legal: Um casal na cozinha. Ela me deu este toque de acrescentar um pouco de leite em pó ao leite longa vida e ficou ótimo, com a consistência semelhante a um iogurte grego! (Amo!!) Mas, você pode usar o leite e iogurte que preferir e que puder: desnatado, semidesnatado, sem lactose, etc. Eu usei somente 1L de leite, pois é a quantidade ideal para nossa casa, mas encontrei informação em um blog, que citava até 4L de leite por copo de iogurte (Ver blog). Formou-se um pouco de soro acima do iogurte, o que retirei e joguei fora. Entretanto, este soro poderia ser aproveitado (dê uma  pesquisada, caso haja interesse). Utilizei o mesmo frasco que Flora havia usado, que é um de vidro, básico para mantimentos (ver na foto), e deixei-o guardado dentro de um armário, que não é aberto com frequência, enrolado com as toalhas de prato e, por fora, com uma manta grossa. Fiz o iogurte durante a noite e pela manhã, ainda guardava uma certa temperatura. Para fazer o próximo iogurte, você pode usar este que você preparou como base, caso sobre. Não foi o meu caso, hoje pela manhã eu "detonei" o restante, com geleia de morango e cereja, feita pelo meu cunhado, com granola por cima. Hummm... Simplesmente, maravilhoso!! Espero que gostem!

Banana-da-terra assada



Ingredientes

6 bananas-da-terra bem maduras
Manteiga para pincelar as bananas
1 colher (chá) de açúcar mascavo
1 colher (chá) de canela em pó
1 pitada de noz-moscada

Modo de preparo

Preaqueça o forno a 180°C e enquanto isso, prepare as bananas. Após lavá-las bem, mantenha as cascas e corte-as ao meio no sentido longitudinal. Arrume-as numa assadeira e passe a manteiga com o auxílio de uma faca. Em um recipiente pequeno misture o açúcar, a canela, a noz-moscada e salpique nas bananas. Leve ao forno para assar por cerca de 30 minutos ou até que fiquem macias e douradas.

Esta receita foi tirada do site Allrecipes e, desde que fiz pela primeira vez, eu adorei! A banana fica maravilhosa, principalmente se estiver bem madura. Fiz algumas mudanças, diminuindo o açúcar para simplesmente uma pitada e, em vez do mascavo, utilizei o demerara pois é o que havia em casa. A noz-moscada dá um sabor especial e a banana assada é bem mais saudável que a frita, substituindo-a muito bem!

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Sopa de batata



Ingredientes

3 batatas médias
2 cebolas
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de manteiga
1 litro de água
Sal e pimenta do reino a gosto
Salsa desidratada

Modo de preparo

Descasque e corte as cebolas e os dentes de alho em rodelas finas e coloque-os em uma panela (fogo médio), junto com a manteiga, mexendo de vez em quando. Quando a cebola estiver bem molinha, acrescente o sal, as batatas cortadas em rodelas e misture. Em seguida, coloque 1 litro de água, misture, tampe e deixe no fogo. Quando a batata estiver totalmente amolecida, retire a panela do fogo e deixe esfriar. Depois, bata bem a mistura no liquidificador e retorne-a para a panela em fogo baixo, adicionando pimenta do reino, salsa desidratada e o  sal, se necessário. Posteriormente, desligue o forno e sirva a sopa, acrescentando um fio de azeite de oliva por cima. Fatias de pão aquecidas são um ótimo acompanhamento.

É de hoje que estou com vontade de fazer uma sopa cremosa de batata, mas queria algo rápido, prático e saudável! O momento chegou. E ao pesquisar, encontrei um blog com uma receita que me pareceu perfeita. Não deu outra, a sopa ficou deliciosa!! Já tomei 3 pratos hoje, e ainda sobrou para amanhã e também para meu esposo experimentar, já que ele só chega de viagem amanhã à noite. Fiz pequenas modificações, como o alho, pimenta do reino e salsa. A receita original está no Blog Segredos da Tia Emília. Bom apetite!

Vitamina Protéica de chocolate com café granulado

Ingredientes 300 ml de água e gelo 20 g de Whey Protein Isolado 1 colher (café) de café solúvel granulado 1 banana (75g) 1 Colher (...